fbpx
Conecte-se Conosco

Agosto lilás – mulheres de Cuiabá dialogam sobre os 15 anos da lei Maria da Penha e a luta contra a violência doméstica

Publicado

em

A sétima Roda de Conversa virtual sobre a lei Maria da Penha e o combate à violência doméstica foi realizada neste sábado (28), com autoridades e militantes de Cuiabá. O evento coordenado pela deputada federal Professora Rosa Neide (PT), contou com participação da vereadora Edna Sampaio (PT), da presidenta do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, procuradora Gláucia Amaral e militantes de movimentos sociais.

Professora Rosa Neide destacou que o combate à violência doméstica é bandeira de seu mandato e afirmou a importância do diálogo com as mulheres sobre a lei Maria da Penha e seus dispositivos, como as medidas protetivas de urgência. “Nossas irmãs precisam de proteção e a lei é um avanço. Precisamos dialogar cada vez mais, para que a lei seja cumprida, para que elas denunciem e para que o Estado garanta o acolhimento das mulheres vítimas de violência”, disse.

Em sua fala, a vereadora Edna Sampaio afirmou que a violência de gênero está vinculada à desigualdade de poder. “O poder político está concentrado nas mãos dos homens. A participação das mulheres no poder é vista como estranha. Precisamos lutar pela paridade. Pela divisão por igual nas cadeiras do Parlamento e em todos os espaços de poder na sociedade”, afirmou.

Para a procuradora Glaucia Amaral, o combate efetivo à violência doméstica passa pela luta contra o machismo estrutural. “O sentimento de posse do homem pelo corpo da mulher é cultural. A lei é importante, mas precisamos combater a cultura do machismo. E só conseguiremos fazer isso fazendo esse debate nas escolas, com as crianças, adolescentes e jovens”, disse.

Relatos de mulheres que viveram relacionamentos abusivos, que foram vítimas de violência e até mesmo que vivenciaram agressões dos pais contra as mães foram relatados na Roda, em um momento que encheu a todas e todos presentes de emoção.

A ex-vereadora pelo PT de Cuiabá, professora Enelinda Scalla; a militante do movimento LGBTQIA+, Josi Marconi, a militante Eliane Reis e a militante social, Euza Maria, também fizeram fala na atividade.

Volney Albano

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?