Conecte-se Conosco

Comunidades indígenas de Brasnorte são contempladas com investimentos de R$ 300 mil da deputada Rosa Neide

Publicado

em

Foto: internet. Povo Rikbaktsa

Recursos são para melhoria da agricultura familiar indígena

O município de Brasnorte foi contemplado com R$ 300 mil de emenda da deputada federal Professora Rosa Neide (PT), para investimentos na melhoria da agricultura familiar nas comunidades indígenas. Os povos beneficiados são: Myky, Rikbaktsa e Irantxe/Manoki. A verba oriunda do Orçamento Geral da União (OGU) 2020 foi depositada na conta do Estado de Mato Grosso, na quarta-feira (24).

O povo Myky (aldeia Myky) receberá mudas de laranja, poncã, castanha do Pará, pequi, goiaba e açaí. Também receberá equipamentos para apicultura. São eles: caixa de abelha langstroth; macacão branco completo em tecido nylon – 100% ventilado, com alto conforto térmico; fumigador profissional para apicultura; tela excluidora de ninho; armação com borda de madeira e área interna de grade de arame; cera alveolada; e luva branca em kroyal com reforço na palma.

As aldeias: Escolinha, Barranco Vermelho, Vale do Sol, Primavera, Curva, Beira Rio, Branca e Pedra Bonita, do povo Rikbaktsa serão contempladas com mudas de laranja, poncã, jabuticaba, coco da Bahia, acerola e cacau; além de equipamentos como: motosserra, roçadeira à gasolina, cavadeiras articuladas e lima de motosserra; e os seguintes combustíveis: óleo 2T, óleo queimado, óleo diesel e gasolina comum.

Os Irantxe/Manoki das aldeias: Paredão, Recanto do Alípio e Perdiz receberão mudas de laranja, coco da Bahia, limão; além dos seguintes equipamentos: roçadeira à gasolina; tela excluidora de ninho, armação com borda de madeira e área interna de grade de arame roliço; e pintainho de postura.

Por sua vez, os Irantxe/Manoki das aldeias: Cravari, Asa Branca, Cachoeirinha, 12 de Outubro e 13 de Maio serão contemplados com: roçadeira à gasolina, cavadeiras articuladas, machado lenhador, foice roçadeira, facão, martelo, prego, grampo para cerca, carrinho de mão, tela hexagonal para galinheiro, regador, arame farpado, tela hexagonal para criação de suínos, mangueira para hortaliça, tela de cobertura de horta e enxada. Essas aldeias também receberão sementes de tomate, alface, couve-flor, abóbora, melancia, mamão e repolho, além de combustíveis como: óleo diesel S500, óleo diesel S10 e gasolina comum.

“Apoiar a melhoria das condições de produtividade e consequente melhoria de renda é um compromisso que assumi com os povos indígenas de Mato Grosso. Vamos trabalhar ao longo de todo mandato para apoiá-los”, afirmou Rosa Neide.

A deputada também destacou que os investimentos para aquisição de equipamentos agrícolas, sementes para roças, mudas de frutas e o fornecimento de combustíveis foi uma reivindicação dos povos indígenas. “Em diálogo com as lideranças indígenas, com o vereador Pedro Coelho (PT) e com o Conselho Indigenista Missionário (CIMI) apresentamos essa emenda para alocar os recursos federais, e em parceria com a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf) e a prefeitura vamos atender os povos indígenas de Brasnorte”, finalizou.

Assessoria de Imprensa

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?