Conecte-se Conosco

Deputada critica o aumento da violência contra a mulher em Cuiabá

Publicado

em

Foto Ilustrativa

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) comentou os dados do 2º Anuário Estatístico da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá, lançado na segunda-feira (01.04). O mandato da petista participou do lançamento que ocorreu no auditório da Diretoria Geral da Polícia Civil. Ao todo, 3.054 mulheres vítimas de algum tipo de violência foram atendidas pela Delegacia em 2018, um crescimento de 19%.

Para a deputada os dados são alarmantes e abalam nosso processo de civilidade e humanização. “Ano a ano nossa cidade e nosso Estado registra números crescentes relacionados a violência contra a mulher. Precisamos dar um basta nisso”, disse.

A parlamentar criticou o governo do Estado pela ausência de políticas públicas efetivas no combate a violência contra a mulher. “O que temos visto é o fechamento de delegacias, um retrocesso, pois é papel do governo garantir delegacias em todas as regiões do Estado, incluindo as que defendem a mulher”, afirmou.

Rosa Neide também comentou o fato de Cuiabá ser uma das capitais do Brasil, que não possui a Casa da Mulher Brasileira. Essa política pública lançada no governo Dilma garante atendimento integral as mulheres vítimas de violência, oferecendo diversos serviços como: juizado especial, núcleos da promotoria e defensoria, alojamento de passagem, apoio psicossocial, capacitação para autonomia econômica e brinquedoteca.

Professora Rosa Neide destacou que mulheres e homens precisam viver em harmonia, em uma sociedade democrática e com direitos humanos garantidos. “As mulheres precisam ocupar seus lugares na sociedade de maneira autônoma”, disse. Ela ainda destacou que seu mandato apoiará fortemente ações de prevenção a todas as formas de violência, promoção e emancipação das mulheres.

Assessoria de Imprensa

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?