Conecte-se Conosco

Deputada participa de seminário de avaliação sobre viabilidade do retorno às aulas; evento foi realizado pela AL-MT

Publicado

em

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa (ALMT), presidida pelo deputado estadual Valdir Barranco (PT) promoveu na tarde desta segunda-feira (25), seminário virtual de Avaliação da Viabilidade do Retorno às Aulas em Mato Grosso, paralisadas desde março por conta da pandemia de Covid-19. A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) participou como convidada.

Em sua fala Rosa Neide destacou que o Ensino À Distância (EAD) como possibilidade para retorno às aulas precisa ser avaliado com calma e critério. “Apesar de Mato Grosso ser pioneiro na utilização do EAD no ensino superior e na formação de professores precisamos ter cautela, pois o ensino aprendizagem na educação básica possui dinâmicas próprias”, disse.

Palestrante no evento, o professor Luiz Dourado, da Associação Nacional de Política e Administração da Educação (ANPAE), destacou que mesmo no Ensino Remoto é preciso haver planejamento. “Não sou contrário à tecnologia, mas sim à forma como os governos querem fazer: de cima para baixo sem dialogar com educadores e alunos. Sem se preocupar com as condições objetivas de falta de acesso à internet, para grande parte dos estudantes”, considerou.

Professora Rosa Neide destacou que o governo de Mato Grosso “não pode flexibilizar o direito de nossos estudantes aprenderem e nem flexibilizar o direito de nossos profissionais da educação trabalharem”. Por isso destacou que a preocupação não deve ser apenas com o calendário escolar, que necessariamente não precisa seguir o calendário civil.

“Nossa principal preocupação tem que ser com a oferta de educação de qualidade para cada um dos estudantes mato-grossenses, para quando ocorrer o retorno das aulas. Bem como resguardar os direitos dos profissionais da educação, essenciais na mediação do processo de ensino aprendizagem” afirmou Rosa Neide.

UNEMAT

A deputada destacou ainda que enquanto as aulas estiverem suspensas, os educadores podem continuar trabalhando com formação e preparação de conteúdos.

“Temos 15 Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação (Cefapros) que podem seguir ofertando formação (online) aos professores, técnicos e apoios. Para isso podem contar com o apoio da UNEMAT nesse processo formativo”, disse.

O seminário ainda contou com a participação dos deputados: Sebastião Rezende; Wilson Santos; Thiago Silva, Xuxu Dalmolin; da professora da UNEMAT, Nilce Maria; do presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga; e representantes da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT).

Assessoria de Imprensa

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?