fbpx
Conecte-se Conosco

Deputada Rosa Neide critica tentativa de privatização da Eletrobras

Publicado

em

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) participou de reunião com representantes do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado de Mato Grosso (STIU) e de diretores do Coletivo Nacional dos Eletrificários. Eles pediram apoio da deputada contra a tentativa de privatização da Eletrobrás.

A representante do STIU do Distrito Federal, Fabíola Latino destacou que a empresa possui um parque elétrico instalado avaliado em R$ 370 bilhões, entretanto ‘o atual governo quer vender a empresa a preço de banana’. A Eletrobrás é a quinta maior geradora de energia do mundo, possui 30% do mercado nacional e gere 50% dos reservatórios hidrelétricos do País.

Professora Rosa Neide acrescentou que a Eletrobrás é uma empresa pública lucrativa e fundamental para o povo brasileiro. A Eletrobrás garante nossa soberania nacional. “Nenhum país sério do mundo privatiza seu parque de geração energética. Todo País soberano resguarda sua capacidade energética e suas bacias hidrográficas”, afirmou.

A parlamentar citou ainda o Sistema Nacional Interligado de energia elétrica do País é gerido pela Eletrobrás e garante o abastecimento elétrico em todas as unidades da federação.

A MP 1.031/2021 de privatização da empresa perderá a validade no dia 2 de junho. Por isso o governo federal pretende acelerar a tramitação da Medida no Congresso, para que a privatização seja aprovada antes da perda de validade da MP.

A reunião ainda contou com participação dos dirigentes do Coletivo Nacional dos Eletrificários, Victor Costa, Tiago Vergara e Nailor; dos dirigentes do STIU-MT, Tania Mota, Walter Jesus Miranda e Antonio Carlos Serra; do coordenador da bancada federal de Mato Grosso, deputado Doutor Leonardo (SD); e de representantes do deputado estadual Lúdio Cabral (PT) e da vereadora Edna Sampaio (PT).

Volney Albano

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

 

 

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?