Conecte-se Conosco

Em Primavera do Leste, Rosa Neide destaca luta contra o desmonte da Previdência

Publicado

em

Trabalhadores de Primavera do Leste lotaram as galerias da Câmara Municipal na noite de sexta-feira (14), para participar da audiência pública que debateu a PEC 06/2019, da “Reforma” da Previdência. A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) participou da atividade, que foi requerida pela vereadora Edna Mahnic (PT). Na ocasião, o ex-deputado Carlos Abicalil (PT) proferiu palestra sobre o desmonte que a PEC fará no direito à aposentadoria, caso seja aprovada.

Durante o evento, Professora Rosa Neide citou a luta dos setores progressistas do País contra a Reforma. Ela destacou que apesar do relator da PEC na Comissão Especial, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), ter feito ajustes na Proposta do governo, “o texto continua atacando a aposentadoria dos brasileiros e brasileiras”, disse.

Carlos Abicalil explicou que a maioria dos trabalhadores e trabalhadoras que serão atingidos pela Reforma, são àqueles que se aposentam pelo Regime Geral da Previdência Social (RGPS). Esse contingente representa mais de 80% dos aposentados do País, que recebem no máximo dois salários mínimos. “É em cima dessas pessoas que o governo quer cortar R$ 800 bilhões, para alcançar o total de R$ 1,3 trilhão que ele quer economizar com a Reforma”, afirmou.

A deputada Rosa Neide destacou que a Reforma de Bolsonaro e Paulo Guedes não combate privilégios. Muito pelo contrário, corta dos que possuem baixa renda para preservar o privilégio dos ricos e dos devedores da previdência. “Por que Bolsonaro não cobra os mais de R$ 450 bilhões que as empresas privadas e bancos devem ao INSS, em vez de querer cortar na carne dos trabalhadores?”, questionou.

A deputada também citou que as mulheres serão as mais prejudicadas pois trabalharão devido ao aumento na idade mínima para aposentar. “No caso das professoras terão de trabalhar cerca de 10 anos a mais”, criticou.

“A deputada Rosa Neide não vota a favor de nenhuma medida que prejudique os trabalhadores e trabalhadoras”, afirmou ao final da audiência sendo aplaudida de pé.

Além de Edna Mahnic, a audiência também contou com a presença do presidente da Câmara: Paulo Márcio (DEM) e dos vereadores: Piru (PP) e Iva Viana (PDT).

Assessoria de Imprensa

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?