Conecte-se Conosco

Nota de Pesar – Dom Bonifácio Piccinini

Publicado

em

É com muito pesar que venho a público lamentar o falecimento do Arcebispo Emérito de Cuiabá, Dom Bonifácio Piccinini, de 91 anos. Ele estava internado na UTI do Hospital Santa Casa e veio a óbito na noite de sábado (28).

O Arcebispo foi internado após se sentir fraco e com pressão oscilante. A equipe médica o manteve sob observação intensiva desde segunda-feira (23), mas o quadro se agravou. A morte foi confirmada pela assessoria da Mitra Diocesana da Capital, mas a causa ainda não foi revelada. Exames descartaram Covid-19.

Bom Bonifácio Piccinini entrou para Igreja Católica, aos 20 anos, em 1948, em Turim, na Itália. Ao ser ordenado Arcebispo, em 1975, em Cuiabá, usou como lema “Bonum facere parvulis (Fazer o bem aos pequeninos)”. Deixou o cargo quando completou 75 anos, como determina a Igreja, e se aposentou, mas não como padre. O atual Arcebispo da Capital é Dom Milton Santos.

O italiano Dom Bonifácio participou da construção de mais de 200 igrejas nos 45 anos prestados à comunidade católica de Mato Grosso.  Neste momento e dor e tristeza presto minhas condolências aos católicos e católicas, na certeza de que Dom Bonifácio Piccinini cumpriu sua missão de fé e amor. Que Deus o acolha e promova o descanso eterno à sua alma.

Homenagens e sepultamento

A partir das 7h deste domingo (29) estão sendo celebradas missas na Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus do Cuiabá de 2 em 2 horas. A última celebração será às 17h, com missa presidida por Dom Milton. O sepultamento ocorrerá após às 17h, na Catedral.

Professora Rosa Neide

Deputada Federal (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?