Conecte-se Conosco

População de MT volta às ruas em defesa da Educação e contra “Reforma” da Previdência

Publicado

em

A população de Mato Grosso voltou na quinta-feira (30.05) às ruas em defesa da Educação e contra a “Reforma” da Previdência do desgoverno Bolsonaro. A assessoria da deputada federal Professora Rosa Neide (PT) participou da manifestação em Cuiabá, que reuniu mais de 10 mil pessoas no centro. Também houve protestos em Rondonópolis, Cáceres, Juína e demais cidades pólo.

Na capital, estudantes, professores, técnicos-administrativos, movimentos sociais e sindicais, militantes de partidos políticos se concentraram às 14h na Praça da República. Por volta das 15h30 deram início a caminhada que percorreu as Avenidas Getúlio Vargas, Presidente Marques, Isaac Póvoas, Generoso Ponce, Prainha e retornou para o local de concentração.

Além de protestar contra o corte de 30% no orçamento das Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), os manifestantes apoiaram a greve dos profissionais da Educação Básica da rede estadual e puxaram palavras de ordem contra a PEC 06/2019 da “reforma” da previdência.

O ato do dia 30 foi convocado em todo o País, pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e foi apoiado pela CUT e demais Centrais Sindicais. Ao todo mais de 2 milhões de pessoas saíram as ruas em todos os Estados do País e no Distrito Federal. O ato ocorreu 15 dias após as grandes manifestações do dia 15 de maio.

A próxima atividade já está convocada para o dia 14 de junho de 2019, a Greve Geral contra a Reforma da Previdência.

Assessoria de Imprensa

 

Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?