fbpx
Conecte-se Conosco

Professora Rosa Neide defende regulamentação da profissão de musicoterapeuta

Publicado

em

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) participou na segunda-feira (24), de reunião com profissionais que pediram a aprovação do Projeto de Lei (PL) 6379/19, que regulamenta a profissão de musicoterapeuta, atividade que utiliza a música para intervenção terapêutica nos ambientes médico, educacional e profissional. A reunião online contou com participação da autora do PL, deputada Maria Arraes (PT-PE) e da relatora na Comissão de Seguridade Social e Família, deputada Rejane Dias (PT-PI).

Rosa Neide destacou que a música é muito importante no trabalho educacional e precisa avançar como terapia. “Essa profissão que vocês estão buscando a regulamentação será fundamental para o trabalho emocional das crianças e dos profissionais da educação. Fazer terapia utilizando as habilidades de vocês vai contribuir muito na formação de alunos e educadores”, afirmou a deputada.

A parlamentar também citou a importância da musicoterapia em ambientes hospitalares, visando a recuperação de pacientes.

Marilia Arraes destacou a importância da regulamentação da profissão da musicoterapia e indicou que não será necessário levar o PL ao plenário. “Junto com Rosa Neide e a bancada do PT vamos fazer articulação para acelerar a tramitação do projeto nas Comissões. Deputada Rejane deu seu parecer favorável na Comissão de Família e agora segue para Comissão de Trabalho e em seguida para Comissão de Constituição e Justiça. O apoio de vocês é fundamental para o PL avançar”, disse a deputada de Pernambuco.

A Reunião contou com a presença de representantes da musicoterapia em Mato Grosso, como a professora da Universidade Federal (UFMT), Josi Crispim; Salime Daige Marques, Marcelo Mendonça, Mariana Nunes e Nanci Ourives de Cuiabá e Carmen Di Novick de Colíder, além de representantes do Rio de Janeiro, São Paulo e Goiás.

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?