fbpx
Conecte-se Conosco

Rosa Neide assina pedido de CPI sobre uso do governo federal para barrar investigação contra Flávio Bolsonaro

Publicado

em

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) assinou nesta terça-feira (27), Requerimento de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para investigar a participação de agentes públicos do Governo Federal em investigações paralelas e atípicas sobre supostas ilegalidades praticadas por servidores da área de inteligência da Receita Federal, visando favorecer o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), que é alvo de Procedimento Investigatório Criminal em curso.

O autor do pedido de CPI, líder do PSB na Câmara, deputado Alessandro Molon (RJ) destaca que a CPI composta por 31 deputados titulares, e igual número de suplentes, para investigar, no prazo de até 120 dias, prorrogável por 60 dias, a utilização do Estado, visando a proteção do filho do presidente, que vem sendo investigado pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro no caso das ‘Rachadinhas’.

Na justificativa do pedido da Comissão, os deputados citam a reunião realizada no dia 25 de agosto, no Palácio do Planalto, das advogadas de Flávio, Luciana Pires e Juliana Bierrenbach, com o presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro Chefe de Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI), General Augusto Heleno, e o Diretor da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Senhor Alexandre Ramagem.

“Na pauta da reunião, de conteúdo não Republicano, especialmente se considerarmos a utilização do aparato administrativo para fins diversos do interesse público, buscava encontrar alternativas de defesa para os investigados no chamado “Inquérito das Rachadinhas”, diz trecho do pedido de CPI.

Clique aqui e confira o documento na íntegra.

Volney Albano

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?