Conecte-se Conosco

Rosa Neide é contra o corte nos salários dos trabalhadores, anunciado pelo governo Bolsonaro

Publicado

em

Em transmissão ao vivo em seu perfil na rede social facebook (confira abaixo), na tarde de quinta-feira (19), a deputada federal Professora Rosa Neide (PT) criticou o anúncio feito pelo governo Bolsonaro, de que permitirá que empresas cortem pela metade os salários dos trabalhadores para reduzir a jornada, visando o enfrentamento do coronavírus. O governo deverá enviar uma Medida Provisória (MP) à Câmara, Rosa Neide adiantou que votará contra.

De acordo com a deputada, nesse momento de emergência de saúde em todo mundo o governo do Brasil deve tomar medidas efetivas de proteção do povo brasileiro e não de fragilização das pessoas. “O governo federal precisa garantir que as pessoas fiquem em casa recebendo salário integral, necessário à sua subsistência e de suas famílias. É um absurdo propor corte de salários”, afirmou.

A deputada petista também citou que os governos federal, estadual e municipais, principalmente a União precisa proteger a população mais vulnerável. ‘As pessoas em situação de rua; os idosos; as pessoas com doenças crônicas; os desempregados; as pessoas que fazem trabalho por conta própria, sem vínculo. O governo precisa tomar medidas de acolhimento dessas pessoas em abrigos, e de recolhimento domiciliar para quem tem residência. O governo precisa fornecer alimentos, produtos de higiene e limpeza de modo que elas fiquem recolhidas para não se exporem ao vírus’.

‘Nesse momento dramático não é hora do senhor Bolsonaro e do senhor Paulo Guedes cortarem os salários das pessoas que ainda tem emprego’, finalizou.

Confira na íntegra, a fala da deputada.

 

 

Assessoria de Imprensa

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?