Conecte-se Conosco

Rosa Neide participa de lançamento de Plano Emergencial Indígena e pede pressão para sanção presidencial do PL 1142

Publicado

em

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) participou nesta segunda-feira (29), da reunião virtual de lançamento do Plano Emergencial Indígena, elaborado pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB), que visa o enfrentamento da pandemia de Covid-19. O encontro contou com participação de 358 pessoas, entre: artistas, deputados, deputadas, senadores, senadoras, indígenas de diversas etnias, representantes de Organizações Sociais e de instituições indigenistas.

Dirigido pela coordenadora executiva da APIB, Sônia Guajajara e pela presidenta da Frente Parlamentar Mista em defesa dos Povos Indígenas, deputada federal Joenia Wapichana (Rede-RR), o evento contou com depoimentos de representantes das nações indígenas, música, discursos, propostas de encaminhamentos e poesias.

Em discurso no evento, Professora Rosa Neide pediu apoio da APIB e de todos e todas apoiadores da causa indígena, para que cobrem do governo federal a sanção do Projeto de Lei (PL) 1142/2020, aprovado no último dia 17 de junho no Senado Federal.

De autoria da deputada Rosa Neide e relatado na Câmara por Joênia Wapichana, o PL estabelece o Plano Emergencial de enfrentamento à Covid-19 junto aos Povos Indígenas, quilombolas, ribeirinhos e comunidades tradicionais. O PL prevê trabalho articulado entre os governos para garantia da segurança alimentar dos povos indígenas, com a distribuição de cestas básicas, pagamento de auxílio emergencial para as famílias de indígenas aldeados e desaldeados; assistência de saúde, com distribuição de quites de higiene, álcool em gel, máscaras e reserva de leitos hospitalares; além de prevenção com instalação de barreira sanitárias e proibição de entradas de estranhos em Terras Indígenas; entre outras ações.

Rosa Neide destacou ainda que das 43 etnias que habitam Mato Grosso, a grande maioria lamentavelmente já foi contaminada pela covid-19, com 102 casos já confirmados, 61 casos suspeitos e 23 mortes. Segundo ela, urge a necessidade de instalação de um hospital de campanha na cidade de Água Boa, próxima do Parque Nacional do Xingu e das terras dos povos Xavante. “Infelizmente o povo Xavante, maior etnia do Estado, com mais de 22 mil pessoas, já contabiliza a maioria dos mortos e contaminados e o governo não sanciona o PL que garante assistência a essas populações”, lamentou.

Ao final, a petista saudou artistas como a cantora, Maria Gadú e as atrizes: Camila Pitanga, Alessandra Negrini, Samantha Shmutz, Lucélia Santos e Marianna Ximenes presentes na live. “Quando vocês falam em defesa dos povos indígenas, vocês convencem muita gente. Quando vocês falam as pessoas refletem sobre a importância de defendermos os povos originários”, afirmou.

Mortos e contaminados

Logo no início da reunião, Sonia Guajajara destacou que o Brasil já contabiliza 9.294 indígenas contaminados, com 383 mortos e 119 povos afetados.

“Precisamos do apoio de todas e todas, dos nossos parlamentares federais, estaduais, da classe artística e da união dos nossos irmãos e irmãs indígenas para implementarmos o Plano Emergencial e as iniciativas aprovadas no Congresso, porque hoje nós estamos expostos sem nenhuma defesa”, afirmou Sonia.

Além de Professora Rosa Neide e Joenia Wapichana, a reunião contou com participação dos deputados: Camilo Capiberibe (PSB-AP), José Ricardo (PT-AM), Edmilson Rodrigues (PSOL-PA), Nilto Tatto (PT-SP), Alexandre Padilha (PT-SP), Airton Faleiro (PT-PA) e Túlio Cadelha (PDT-PE), além do senador Paulo Rocha (PT-PA).

 

Emergência Indígena Plano

Volney Albano

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?