Conecte-se Conosco

Rosa Neide visita comunidade Mutuca do Quilombo Mata Cavalo

Publicado

em

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) visitou na tarde desta sexta-feira (20), a comunidade Mutuca do Quilombo Mata Cavalo, localizada no município de Nossa Senhora do Livramento. Ao lado da líder quilombola, Laura Ferreira da Silva, a parlamentar dialogou com os moradores sobre a conjuntura política nacional e acolheu as demandas por investimentos.

Rosa Neide destacou que foi eleita com o compromisso de representar o povo trabalhador de Mato Grosso, sobretudo os povos tradicionais: quilombolas e indígenas. Nesse sentido colocou seu mandato à disposição da comunidade Mutuca.

Laura solicitou da deputada a indicação de emenda parlamentar, para construção de um espaço destinado à realização da tradicional festa da Banana, que ocorre anualmente na comunidade no primeiro domingo de julho. “Precisamos de um barracão com mais estrutura, adequação da cozinha e construção de banheiros. Muitos turistas participam da nossa festa. É nessa ocasião que mais vendemos produtos agrícolas e artesanato”, informou.

A deputada citou que vai apoiar a festa de 2020 e informou que estudará a melhor possibilidade de encaminhar recursos, para atender à solicitação de melhoria da estrutura física para o evento.

Lideranças da comunidade também pediram apoio para assistência técnica agrícola, visando a melhoria da produtividade das famílias de pequenos agricultores. A deputada destacou que destinou emenda de R$ 5 milhões, para a Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SEAF) ofertar em 2020, assistência técnica as comunidades quilombolas, assentamentos e áreas indígenas.

“Dentre as comunidades que a Secretaria atenderá com assistência, compra de sementes, entre outras ações, uma delas será a Mutuca”, garantiu Rosa Neide.

Entre os itens produzidos pelos quilombolas da Mutuca estão: banana, mandioca, abóbora e mel.

Assessoria de Imprensa

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?