fbpx
Conecte-se Conosco

Deputada Rosa Neide participa da reunião do Conselho de Representantes do Sintep-MT

Publicado

em

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) participou neste sábado (20), pela manhã, da reunião virtual do Conselho de Representantes do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT). A petista fez uma saudação aos conselheiros e avaliou a conjuntura política nacional. Cerca de 153 educadores participaram da atividade.

Rosa Neide parabenizou os sindicalistas pela luta, que de acordo com ela, “mesmo em tempo de pandemia não tem dia nem tem hora, os profissionais da educação e o Sintep-MT estão em luta pela vida, pela vacina contra a Covid-19, por direitos e por igualdade”, disse.

A parlamentar lembrou que mais de 80% da carreira de profissionais da educação básica é composta por mulheres e destacou que neste mês da Mulher (Março), a Câmara aprovou nesta semana, o Substitutivo de sua autoria ao Projeto de Lei (PL) 6298/19, que cria o Formulário Nacional de Avaliação de Risco e Proteção à Vida (Frida). O objetivo do Frida é padronizar o atendimento às mulheres vítimas de violência. “Com o preenchimento do formulário as autoridades poderão avaliar o grau de risco de vida que cada mulher passa e assim poder efetuar melhor proteção”, disse.

Rosa Neide também citou que a Câmara aprovou a urgência para votação do PL 1943/2019, de sua autoria, que garante nas propagandas de produtos de limpeza ou afazeres domésticos a afirmação de que mulheres e homens possuem direitos iguais.

Pandemia

A petista lamentou o descontrole da pandemia de Covid-19. “O Brasil deverá passar das 300 mil mortes. Com a subnotificação no início da pandemia, com certeza já temos mais de 300 mil óbitos. É uma tragédia. É como se uma cidade maior que Várzea Grande desaparecesse. São mais mortes do que em guerras. Mortes que poderiam ter sido evitadas se não fosse a negligência do governo federal”, afirmou.

A deputada lembrou que em agosto do ano passado, o governo federal não quis assinar contrato de compra de vacinas da Pfizer. Por sua vez, em outubro, o presidente Bolsonaro desautorizou o então ministro da Saúde, Pazuello que tinha anunciado que compraria 46 milhões de doses da Coronavac. “Bolsonaro proibiu a compra da vacina por ter sido desenvolvida pela China e o Pazuello disse que manda quem pode, obedece quem tem juízo”, criticou.

A parlamentar finalizou ao citar que a morte por Covid nesta semana, do senador Major Olímpio (PSL-SP), de 58 anos, sensibilizou os líderes do governo no Congresso, que suspenderam por 15 dias votações presenciais. “Ficou acordado que nesse período irá a voto no plenário virtual apenas projetos de consenso. Com isso não teremos nesse período aprovações como da PEC 186, que desmontou os serviços públicos sem se quer passar pelas comissões”, finalizou.

Rosa Neide e o presidente do Sintep-MT, Valdeir Pereira

Volney Albano

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?