fbpx
Conecte-se Conosco

Núcleo de Educação da bancada do PT debate mobilização contra Reforma Administrativa

Publicado

em

Mobilização contra a Reforma Administrativa (PEC 32/2020). Essa foi a principal pauta da reunião do Núcleo de Educação da bancada do PT na Câmara, que ocorreu nesta segunda-feira (27). A atividade foi coordenada pela deputada federal Professora Rosa Neide (PT) e contou com participação do deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) e representantes de entidades sindicais.

Para a deputada Rosa Neide, apesar da luta da bancada do PT e dos partidos de Oposição, na Comissão Especial, que obrigou os partidos governistas a trocarem titulares do Colegiado para conseguirem aprovar a PEC, a luta precisa ser intensificada nesta semana, quando a proposta deverá ir ao plenário.

“Precisamos seguir mobilizados. As Confederações sindicais e as entidades na base precisam seguir dialogando com cada deputada e cada deputado. Precisamos impedir que o governo tenha os 308 votos necessários para aprovar a Proposta no plenário”, disse Rosa Neide.

“O deputado Zeca Dirceu reforçou a importância da mobilização e citou que o governo aumentará a pressão sobre sua base aliada para garantir os votos necessários. “O governo vai atuar e eles vão monitorar. Quando sentirem que tem votos suficientes o Arthur Lira (presidente da Câmara) pautará a votação”, disse.

Conforme os representantes de entidades e da assessoria do deputado federal Rogério Correia (PT-MG), parlamentar que acompanhou as discussões na Comissão Especial, o texto aprovado é tão ruim quanto o original enviado pelo governo.

O ex-deputado federal Carlos Abicalil (PT-MT) ressaltou ainda a necessidade da mobilização contra a PEC ser feita ‘com linguagem mais popular’. “A pessoas precisam compreender que a PEC 32 não ataca apenas os servidores, mas toda população na medida que propõe o desmonte dos serviços públicos”, afirmou.

A Reforma Administrativa abre espaço para terceirização/privatização da saúde e da educação pública e demais serviços públicos, ataca os direitos dos atuais servidores, desmonta carreiras, ataca o concurso público e promove a volta do apadrinhamento e das indicações políticas na contratação de servidores.

A reunião contou ainda com representantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e das assessorias das bancadas do PT na Câmara e no Senado.

Volney Albano

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?