fbpx
Conecte-se Conosco

‘Onda democrática que passou pela Argentina e agora pela Bolívia e Chile, em breve chegará no Brasil’, afirma Rosa Neide

Publicado

em

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) destacou em discurso, nesta terça-feira (27), no plenário virtual da Câmara, a aprovação de plebiscito no Chile que abre caminho para elaboração de uma nova Constituição. Com 99,8% das urnas apuradas, até o domingo (25), os resultados apontavam 78,2% dos votos como favoráveis a uma nova Constituição. Além disso, 79% preferiam que o texto seja debatido por uma nova comissão a ser eleita posteriormente.

Rosa Neide comemorou os novos ventos democráticos que sopram tanto no Chile, quanto na Bolívia que elegeu para presidência do País, no dia 18 de outubro, Luis Arce, do partido Movimento para o Socialismo (MAS), do ex-presidente Evo Morales, vítima de Golpe de Estado no ano passado.

“O Chile tem uma Constituição da Ditadura, mas com o vigor do povo aprovou um plebiscito para reformar-lá”, disse Rosa Neide. A petista destacou que não era de se estranhar a recente declaração do líder do governo Bolsonaro na Câmara, deputado Ricardo Barros (PP-PR), que em entrevista à imprensa declarou que o Brasil precisa de uma nova Constituição, que restrinja ainda mais os direitos do povo.

“O líder do governo distorce esse momento histórico (no País vizinho) e critica nossa Constituição que é fruto de um processo de redemocratização em nosso País e de lutas por mais direitos. Para esse governo a resolução dos nossos problemas passa pela retirada cada vez mais dos direitos dos trabalhadores e pela promoção de mais arrocho sobre o povo e ataque às políticas sociais, o que é um absurdo”, disse a deputada.

“Nossa Constituição é fruto de um processo de muitas lutas por Democracia e em favor de maior proteção para o cidadão, um grande pacto social. Bem diferente da Constituição Chilena, uma ferida aberta pela ditadura de Pinochet. Quem esteve no Chile e ajudou a destruir o estado de bem estar social daquele País, durante uma ditadura forte, que retirou qualquer direito previdenciário, fez ataques aos direitos do povo, como o ministro Paulo Guedes, tem aqui na Câmara seus portas vozes, sempre em favor de menos direitos e menos Constituição. Esse governo falar em revisão constitucional cheira a um Golpe”, afirmou Rosa Neide.

De acordo com a deputada, “no Chile o povo está nas ruas comemorando o enterro de um modelo fracassado. Um modelo que muitos querem trazer para cá: sem empregos, sem casa, sem trabalho. Aqui temos uma elite azeda que quer desmocratizar nossa Constituição. Mas a onda democrática, que passou pela Argentina e agora passa pela Bolívia e pelo Chile não tardará chegar no Brasil”, finalizou a deputada.

Confira o discurso na íntegra.

Volney Albano

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?