fbpx
Conecte-se Conosco

Rosa Neide repudia feminicídio de Fabiana Costa, cobra punição ao agressor e fim da violência contra mulher

Publicado

em

Foto: reprodução

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) vem a público repudiar o feminicídio da jovem Fabiana Elaine Almeida Costa, de 16 anos, ocorrido na quarta-feira (04), em Diamantino. Fabiana foi assassinada pelo ex-namorado, Emanoel Sidório Barbosa, de 30 anos, que não aceitava o fim do relacionamento. A jovem é mais uma vítima de feminicídio em Mato Grosso.

Professora Rosa Neide presta suas condolências e solidariedade à família de Fabiana, em especial à sua avó, com quem a jovem morava e ao filho de Fabiana, uma criança de 1 ano de idade. A jovem morreu protegendo o filho contra os golpes de faca desferidas pelo assassino.

Informações divulgadas pela imprensa são de que a vítima estava na residência, onde morava com a avó e o filho, quando o ex invadiu o local. Para entrar, ele cerrou o cadeado e arrombou a porta.

Professora Rosa Neide destaca a urgência de união da sociedade mato-grossense e brasileira contra o feminicídio.

Casos de feminicídio aumentaram 58% em Mato Grosso em 2020, em comparação com 2019. Os dados, da Secretaria de Segurança Pública (Sesp) de Mato Grosso, apontam que foram 62 casos entre janeiro e dezembro de 2020. No mesmo período de 2019 foram 39.

Por sua vez, o Brasil ocupa o 5º lugar no ranking mundial de feminicídio, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas pra os Direitos Humanos (ACNUDH). O país só perde para El Salvador, Colômbia, Guatemala e Rússia em número de casos de assassinato de mulheres. Em comparação com países desenvolvidos, no Brasil se mata 48 vezes mais mulheres que o Reino Unido, 24 vezes mais que a Dinamarca e 16 vezes mais que o Japão ou Escócia.

A deputada Professora Rosa Neide reforça que nesse agosto lilás, mês voltado para conscientização e combate à violência contra mulher o caso da jovem Fabiane não pode ficar impune.

“Que a Polícia Civil prenda o autor desse bárbaro crime, que seja julgado, condenado e pague pelo que fez. Nós mulheres não suportamos mais tantas agressões. Parem de nos matar! Justiça para Fabiana e para todas as mulheres vítimas de violência em Mato Grosso e no Brasil. Basta de feminicídio e violência! o Estado precisa atuar fortemente na punição e na prevenção para combatermos definitivamente essa cultura machista e violenta contra as mulheres”, finalizou Rosa Neide.

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Vamos conversar?