fbpx
Conecte-se Conosco

Educação – Rosa Neide destina emenda e IFMT ofertará cinco mil vagas para o Profuncionário

Publicado

em

Foto: Marcos Melo

Reunião na Seduc-MT estabelece retomada do programa para outubro

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT), o deputado estadual Valdir Barranco (PT), o presidente do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público (Sintep-MT), Valdeir Pereira e a representante da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Guelda Andrade participaram de audiência na Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT), para deliberar sobre a retomada do Profuncionário. Professora Rosa Neide destinou emenda para realização do programa.

O encontro contou com participação do secretário Alan Porto, do vice-reitor do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), Cristóvão Albano, do pró-reitor de Extensão, Marcos Taques e representantes da Comissão de Profissionais da Educação que almejam cursar o programa.

Professora Rosa Neide informou que a retomada do Profuncionário é fundamental para profissionalizar os técnicos administrativos, visando qualifica-los para construção de um projeto de educação democrático, inclusivo e que atenda às necessidades dos estudantes mato-grossenses.

“O sonho pela profissionalização e qualificação dos técnicos das Escolas é um sonho antigo. Começou com o programa Arara Azul na década de 1990. O exemplo de Mato Grosso fez o governo Lula criar o Profuncionário. Quando estive na Seduc-MT desenvolvemos o programa, mas infelizmente há mais de seis anos não temos mais essa qualificação. Essa realidade vai mudar porque o IFMT vai ofertar os cursos e o programa será retomado”, disse Rosa Neide.

O programa visa a formação dos funcionários de escolas públicas da educação básica, em efetivo exercício, em curso compatível com as atividades desempenhadas no dia-a-dia do profissional. A formação ocorre em nível inicial e por meio de cursos técnicos. O Profuncionário estabelece a formação em quatro habilitações: secretaria escolar, alimentação escolar, multimeios didáticos e infraestrutura escolar.

O vice-reitor do IFMT disse que o Instituto abrirá as inscrições em breve e que os cursos deverão ter início em outubro. “Vamos ofertar o Prófuncionário com recursos próprios. Por isso contamos com a parceria da Seduc-MT e do Sintep-MT no processo de chamamento dos educadores, para essa qualificação. Nesse primeiro momento vamos ofertar 5 mil vagas”, disse Cristovão.

Emenda

O pró-reitor Marcos Taques enfatizou que o IFMT dará início ao programa, devido à emenda destinada pela parlamentar federal. “A deputada Rosa Neide destinou emenda ao Instituto e com parte desses recursos vamos iniciar a oferta dos cursos”, disse.

O secretário Alan Porto destacou que a emenda da deputada foi fundamental para que o programa fosse retomado e colocou a Seduc-MT à disposição, para firmar parceria com o IFMT para realização dos cursos.

Rosa Neide já destinou R$ 6 milhões em emendas para o IFMT. Os recursos são para melhoria da infraestrutura e investimentos nos projetos educacionais da instituição. Parte desses recursos sustentará a realização do Profuncionário.

Público alvo

Além de técnicos administrativos das escolas estaduais que ingressaram na carreira com de nível médio, o Pronfucionário atenderá educadores das redes municipais que também tenham a mesma formação inicial.

Na reunião também foi enfatizado que técnicos administrativos, que tenham cursado o Profuncionário em outros Estados terão sua profissionalização reconhecida pela Seduc-MT.

Educadores que participam da qualificação do Profuncionário podem progredir na carreira.

Volney Albano

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá, vamos conversar?