fbpx
Conecte-se Conosco

Rosa Neide e Valdir Barranco cobram retomada do Profuncionário

Publicado

em

Foto: Marcos Melo

A deputada federal Professora Rosa Neide (PT) e o deputado estadual Valdir Barranco (PT) se reuniram na quinta-feira (05), em Cuiabá, com o secretário-adjunto de Educação da Seduc-MT, Amauri Monge, a secretária adjunta de gestão de pessoas, Flávia Soares, e representantes dos profissionais da educação de Mato Grosso para cobrar urgência no retorno do Profuncionário.

Na reunião ficou decidido que a retomada das inscrições do programa será no dia 10 de julho, com início dos cursos em 10 de setembro. Entretanto, a Seduc-MT precisa firmar parceria com o Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT).

A deputada Rosa Neide disse que entrará em contato com a reitoria do IFMT e o professor João Monlevade, um dos precursores do Profuncionário, para que a Instituição firme o mais rápido possível parceria com a Seduc-MT. ”Entrarei em contato com o João para ele participar de todo o processo de diálogo, devido ao seu conhecimento sobre as aulas de capacitação, e decretaremos essa união. O Profuncionário tem de sair neste ano”, disse.

“O programa prevê um investimento de quatro milhões de reais para a execução de dois anos de curso. O valor corresponde a 65 reais mensais por funcionário, um custo baixo para os ganhos advindos da qualificação”, afirmou Barranco.

Presentes na conversa, os vigilantes Zenil, Rubens, André Moura e Jonas Andrade; e o responsável por serviços gerais, Ravanílson; todos representando os profissionais, ficaram satisfeitos com a proposta apresentada. “Se realmente houver essa suplementação que o deputado disse, a gente pode trabalhar com a abertura das inscrições em julho com início do curso ainda neste ano”, falou Rubens.

O vigilante André Moura relatou que os profissionais precisam urgentemente dessa qualificação, pois muitos estão realizando serviços sem o devido conhecimento. “Necessitamos da abertura do curso para capacitar e instruir os profissionais para as diversas situações que ocorrem durante o tempo que estamos em serviço nas instituições de ensino. Infelizmente, todos nós já fazemos os serviços de manutenção e afins, mas estamos sem a qualificação necessária para isso”, explicou.

Texto: Assessoria do Deputado Valdir Barranco

Edição: Assessoria da Deputada Professora Rosa Neide

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

×

Powered by WhatsApp Chat

× Vamos conversar?