fbpx
Conecte-se Conosco

Nota de Repúdio – caso de estupro das grávidas no Rio de Janeiro

Publicado

em

A segunda coordenadora-adjunta da Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados, órgão representativo da Bancada Feminina, deputada federal Professora Rosa Neide (PT) vem a público manifestar repúdio e indignação pelos crimes de estupro cometidos pelo médico anestesista, Giovanni Quintella Bezerra.

Conforme divulgado pela imprensa, o médico “abusou de uma paciente enquanto ela estava anestesiada e passava por uma cesariana” no Hospital da Mulher Heloneida Studart em Vilar dos Teles, São João de Meriti, município do Rio de Janeiro. O crime foi gravado por um celular escondido na sala de parto por enfermeiras e técnicas de enfermagem, que já desconfiavam da conduta do médico.

O anestesista foi preso e autuado em flagrante por crime de estupro de vulnerável, na madrugada de segunda-feira (11). Outras pacientes já procuraram a Polícia para denunciar o médico.

A deputada também manifesta apoio e solidariedade às vítimas, bem como registra seu apoio às profissionais de saúde que conseguiram denunciar as agressões.

Rosa Neide por meio da Secretaria da Mulher da Câmara informa que irá acompanhar a apuração junto aos órgãos responsáveis e reafirma que jamais deixará de poupar esforços, para combater quaisquer ações de violência, seja por palavras ou atos que desrespeitem os direitos das mulheres.

Assessoria de Imprensa

Deputada Federal Professora Rosa Neide (PT-MT)

Tags:
Clique para comentar

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Olá, vamos conversar?